Logo branco.png

BLOG

  • annakarina0

Covid-19: A importância do descarte correto das embalagens


Além dos testes, plano de vacinas contra a Covid-19, fornecimento de insumos e seringas, como será o descarte das embalagens de armazenamento e transporte do conteúdo? Quem levanta a discussão é o CEO da Shield Company, empresa de tecnologia, armazenamento, transporte e monitoramento de termolábeis, David Bueno.

Com capacidade de armazenar e transportar todas as vacinas testadas atualmente, a Shield Company chega ao mercado com um escopo de trabalho que contribui para a gestão e interlocução de toda a cadeia de atendimento das vacinas - de laboratórios farmacêuticos produtores das vacinas, passando por empresas logísticas, chegando ao Ministério da Saúde e instituições públicas responsáveis pela distribuição, ou seja, uma solução completa e integrada, nos moldes necessários para construção de um plano de distribuição das vacinas.

“Estamos contatando e em tratativas com governos em todas as instâncias, sabendo da força e relevância da Shield Company para o contexto da vacinação contra a Covid-19. Aqui não temos descarte, todas as nossas embalagens são 100% reutilizáveis, feitas com componentes totalmente recicláveis e gerando mínimo impacto ambiental. Portanto, devemos trazer luz a este fato”, comenta David.

De acordo com ele, a vacina CoronaVac, por exemplo, apresenta um processo simples de armazenamento, um freezer comum comporta o medicamento e o transporte pode ser realizado em uma caixa de isopor. Nós trazemos esse diferencial, de não ser nocivo à natureza”, explica David. Em respeito ao meio ambiente, a empresa fabrica a Shield Box, embalagem termolábil de alta performance durável, reutilizável e qualificada para transporte, armazenamento de insumos e materiais com ranges de temperatura de 2 a 8ºC e 15 a 25ºC por até 200 horas.

O CEO ressalta, ainda, que a Shield Company apresenta total controle de temperatura e geolocalização em tempo real sobre o transporte de medicamentos e vacinas. “Este fator é de extrema importância, principalmente quando observamos os atrasos nos voos para os estados com as vacinas. Com as informações corretas e precisas, evitamos possíveis desperdícios destes medicamentos”, finaliza David.


13 visualizações0 comentário