Logo branco.png

BLOG

  • annakarina0

JADLOG ADOTA FROTA MAIS SUSTENTÁVEL PARA REDUZIR EMISSÕES NAS OPERAÇÕES


O apelo por iniciativas mais sustentáveis em toda a cadeia do e-commerce ganhou força em função de uma maior conscientização por parte das pessoas sobre os impactos da pandemia no mundo. O fechamento forçado das lojas físicas e a maior migração para o varejo virtual fez com que consumidores reavaliassem seus hábitos de consumo e os impactos ambientais de suas compras, por isso houve um crescimento do mercado de segunda mão, maior atenção em relação à reciclabilidade dos produtos e aumento da demanda por entregas ambientalmente sustentáveis.


Nesta direção, a Jadlog, uma das maiores empresas de transportes de cargas fracionadas do País e a transportadora privada mais utilizada pelo e-commerce, está intensificando o desenvolvimento de iniciativas para reduzir suas emissões nos transportes das encomendas, especialmente em capitais e regiões metropolitanas, com a utilização de veículos que emitem menos C02, como caminhões elétricos e bicombustíveis (movidos a Gás Natural Veicular e diesel), além de utilitários movidos a GNV.


"Trata-se de um movimento global da rede DPDgroup no mundo, que também engloba as operações no Brasil, para implementar mais soluções que tragam cada vez menos impactos ambientais nas entregas das encomendas, especialmente nos grandes centros", explica Bruno Tortorello, CEO da Jadlog, que é controlada da DPD, a líder em entregas expressas da Europa.


Atualmente, são quatro caminhões movidos a bicombustíveis na frota, que estão colaborando para a redução das emissões da Jadlog. Apenas um destes veículos, por exemplo, que está operando no roteiro de São Paulo para Brasília, permite à Jadlog deixar de consumir 120 litros de diesel por viagem de ida e de volta, e de emitir 2.760 kg de CO2 na atmosfera, já que cada litro de diesel poupado corresponde a 23 kg a menos de CO2 no ar.


A Jadlog também está com um projeto piloto de veículos 100% elétricos, iniciado com a utilização de um caminhão, que está em teste em rotas mais curtas, na faixa dos 200 km de distância, devido à autonomia da bateria. A expectativa é que haja redução de pelo menos 2.000 kg de CO2 na atmosfera por mês por caminhão. Outros caminhões elétricos serão inseridos na frota até o final de 2021.


Em relação aos veículos leves, a Jadlog opera com mais de 70 utilitários movidos a GNV em coletas e entregas em grandes centros. Estas iniciativas de compensação já evitaram a emissão de toneladas de CO2 na atmosfera e devem ser ampliadas, com a inclusão de pelo menos 30 novos veículos leves ecologicamente corretos na frota. Crédito da imagem: Divulgação

2 visualizações0 comentário