Logo branco.png

BLOG

  • annakarina0

Santos Brasil movimenta 5.245 contêineres e bate recorde histórico


A Santos Brasil, empresa referência em operações logísticas e portuárias, atingiu na última semana uma marca histórica no Tecon Santos. O recorde aconteceu na operação do navio Cap. San Augustin, do armador MSK, com inéditos 5.452 contêineres movimentados. Esta quantidade de unidades movimentadas em uma mesma embarcação foi executada em 44 horas, atingindo um MPH (movimentos por hora de embarque e desembarque de cargas nas embarcações) de 124,36. Para se ter uma ideia, o maior número de contêineres movimentados no terminal santista administrado pela Companhia até então foi de 5.093, em novembro de 2013.


Danilo Ramos, Diretor Comercial de Operações Portuárias da Santos Brasil, destaca a infraestrutura ofertada pelo terminal para a execução de operações de embarque e desembarque de cargas de forma ágil e segura. "O Tecon Santos oferece aos seus clientes a maior capacidade instalada para movimentação e armazenagem de contêineres em todo o país, com altíssima eficiência, e ainda acolhe os picos de demanda de todos os usuários do porto de Santos, sejam eles seus clientes regulares ou não, e faz isso sempre com a mesma qualidade que o distingue como melhor operador portuário local", comenta.


Antevendo o crescimento da demanda e a necessidade de operações cada vez mais ágeis e assertivas, a Santos Brasil iniciou em 2019 a ampliação de 220 metros do cais acostável do Tecon Santos, que passará a ter 1.510 metros totais. A previsão é de que as obras sejam finalizadas no segundo semestre deste ano. Com isso, a Santos Brasil passará a ter capacidade de receber simultaneamente até três navios New Panamax (366 metros) no Tecon Santos, que ficará com 1.200 metros de cais, e mais um navio no TEV (Terminal de Veículos), que permanecerá com 310 metros de cais.


O projeto total de modernização do Tecon Santos prevê investimentos de R﹩ 1,3 bilhão com o objetivo de aumenta a eficiência operacional, a eficiência energética, a velocidade e o fluxo da operação e vai ampliar em ao menos 20% a capacidade de movimentação do terminal, de 2 milhões de TEU (unidade de medida equivalente a um contêiner de 20 pés) para 2,4 milhões de TEU/ano. Com a capacidade ampliada será possível o atendimento de maneira eficiente da demanda prevista para o porto, com a chegada de novos navios New Panamax, capazes de transportar até 12.500 TEU.

Crédito da imagem: Divulgação

0 visualização0 comentário